Hugh Hayden at Lisson Gallery

EN

Hugh Hayden’s practice considers the anthropomorphization of the natural world as a visceral lens for exploring the human condition. Hayden transforms familiar objects through a process of selection, carving and juxtaposition to challenge our perceptions of ourselves, others and the environment. Raised in Texas and trained as an architect, his work arises from a deep connection to nature and its organic materials. Hayden utilizes wood as his primary medium, frequently loaded with multi-layered histories in their origin, including objects as varied as discarded trunks, rare indigenous timbers, Christmas trees or souvenir African sculptures. From these he saws, sculpts and sands the wood, often combining disparate species, creating new composite forms that also reflect their complex cultural backgrounds. Crafting metaphors for human existence and past experience, Hayden’s work questions the stasis of social dynamics and asks the viewer to examine their place within an ever-shifting ecosystem. 

Text Lisson Gallery. For more follow CityArtistica on Instagram.

PT

A prática de Hugh Hayden considera a antropomorfização do mundo natural como uma lente visceral para explorar a condição humana. Hayden transforma objetos familiares por meio de um processo de seleção, escultura e justaposição para desafiar nossas percepções de nós mesmos, dos outros e do meio ambiente. Criado no Texas e formado como arquiteto, seu trabalho surge de uma profunda conexão com a natureza e seus materiais orgânicos. Hayden utiliza a madeira como seu meio principal, frequentemente carregado com histórias em várias camadas em sua origem, incluindo objetos tão variados como troncos descartados, madeiras indígenas raras, árvores de Natal ou esculturas africanas de lembrança. A partir deles, ele serra, esculpe e lixa a madeira, muitas vezes combinando espécies díspares, criando novas formas compostas que também refletem seus históricos históricos complexos. Construindo metáforas para a existência humana e experiências passadas, o trabalho de Hayden questiona a estase da dinâmica social e pede ao espectador para examinar seu lugar dentro de um ecossistema em constante mudança.

Texto galeria Lisson. Siga CityArtistica no Instagram.

Installation ViewGood Hair 1, 2021

Hugh Hayden
Installation View Rapunzel, 2021



Hugh Hayden
Installation ViewGood Hair 3, 2021
Installation ViewJuneteenth, 2021
110% Cocoa, 2021


Installation ViewJuneteenth, 2021
110% Cocoa, 2021


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s