Lucy Raven at Dia Chelsea

EN

Dia Chelsea reopened with an exhibition of newly commissioned works by Lucy Raven. Following a three-year engagement with Dia, Raven presents two kinetic light sculptures occupying the entirety of the former Alcamo marble-cutting factory on West 22nd Street in New York City. In an adjacent gallery, she exhibits a film that was shot over two years at a concrete plant in Bellevue, Idaho. Together, these two projects explore properties of speed, pressure, and materiality (both geological and synthetic) in the context of the Western United States. Born in Arizona, Raven often considers the complex histories of this region’s formation and depiction, as well as its contemporary role in global commerce, communication, and development. In doing so, her work engages the legacy of the Land artists that Dia has supported since the early 1970s. Incorporating moving images, photography, sculpture, and sound, her immersive installations address issues of labor, technology, and the hidden mechanisms of power.

Text Dia Chelsea. For more follow Cityartistica on Instagram.

PT

Dia Chelsea reabre com uma exposição de obras recentemente encomendadas por Lucy Raven. Após um contrato de três anos com Dia, Raven apresenta duas esculturas de luz cinética que ocupam a totalidade da antiga fábrica de corte de mármore Alcamo na West 22nd Street em Nova York. Em uma galeria adjacente, ela exibe um filme que foi rodado durante dois anos em uma fábrica de concreto em Bellevue, Idaho. Juntos, esses dois projetos exploram propriedades de velocidade, pressão e materialidade (tanto geológicas quanto sintéticas) no contexto do oeste dos Estados Unidos. Nascida no Arizona, Raven costuma levar em consideração as histórias complexas da formação e representação desta região, bem como seu papel contemporâneo no comércio, comunicação e desenvolvimento globais. Ao fazer isso, seu trabalho envolve o legado dos artistas da Land que o Dia apoia desde o início dos anos 1970. Incorporando imagens em movimento, fotografia, escultura e som, suas instalações envolventes abordam questões de trabalho, tecnologia e os mecanismos ocultos de poder.

Texto Dia Chelsea. Mais arte no Cityartistica no Instagram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s